março 12, 2012

Sing, sing a song

Engraçado, irónico... desconhecia que houvesse momentos da vida, em que certas coisas não fizessem qualquer sentido, não ressoassem. Libertador, maravilhoso!